domingo, 10 de outubro de 2010

Mil Garças ~ Livro I

                                    (...)
Não aceitarei o branco, apenas um suspiro ecoa

Se eu entender as cores do céu serei salvoTambém quero esquecer a respiração oscilante algum diaMas, apesar de desejar ter força,Eu estou secando
Por causa do seu desejo elas não me deixam em paz
Sem retornar o seu sorriso
Eu conto as lembranças com meu suspiro até o ultimo momento (aparecer)
Eu ouço sua voz no amanhecer quando tudo será nada

Eu ouço sua voz no amanhecer quando tudo será nada
                                      (...)
Mil graças minúsculas,
                                              
(Chizuru, The Gazette)                                 


O pecado não merece lágrimas


Sinopse:


      Para Daniel a morte nunca fora uma inimiga de fato - até agora. As consequências para sua escolha nunca foram tão fatais.
        Ao mesmo tempo em que Daniel via seu mundo ruir, algo florescia, quando surgiu aquela que despertaria o sentimento que faria tudo perder o foco. Tal sentimento já estava condenado antes mesmo de ter começado. Driblar a Redenção sobre os olhos da morte não será uma tarefa fácil, ainda mais quando parte de você aclama por isso. Mas valeria tudo para poder viver aquele sentimento novo e único — ao menos desfrutá-lo enquanto ainda permanecia intacto.

       Por que lutar quando tudo já está perdido e você cai cada vez mais rumo ao abraço da morte?
        Mas vontade não será o suficiente...
       

Rosas e espinhos marcarão esse caminho.



Reações:

4 comentários:

Jane disse...

Mto Bom =)

Manuh Ferraz disse...

EBA!!!

*----*

joaninha.damas disse...

ah que resenha linda! *-*

Manuh Ferraz disse...

usahsuhuashuahuhushau
eu achei que tinha ficado um horror =O

que bom que gostou *_____*

Postar um comentário

Quem você é debaixo dessas cicatrizes?

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management