quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Estrada da Noite

     Bom, foi totalmente por acaso que adquiri esse livro. Eu estava fazendo uma compra no Submarino e não resisti e comprei A Estrada da Noite (Heart-Shaped Box) simplesmente por que estava em uma promoção imperdível (e ainda está!!!) Nunca ouvi falar desse livro, mas fiquei curiosa por saber que o autor, Joe Hill, é nada mais nada menos do que o filho do mestre Stephen King *0*


Sinopse: Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.
"Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror.


É simplesmente incrível como a narrativa nos envolve inteiramente para dentro da história. Não dá para deixar o livro de lado por um só segundo! os personagens são envolventes e com características tão distintas que é impossível não pensar que essas criaturas estão vivas e que você as conhece desde crianças. A história é escrita de um modo que nos força a crer que ela é real. Judas sempre quer esquivar-se dos outros mostrando que não se importa, mas ele mesmo começa a descobrir coisas sobre si, descobrindo que ele se importa. É engraçado o modo como chama suas namoradas: todas são apelidadas com o nome de seus estados de origem. Geórgia (Marybeth), uma ex-stripper que maneja facas como ninguém, é a personagem que mais me chamou atenção: 

"-Tudo bem - disse ela - Meu nome é MaryBeth Stacy Kimball. Usei o codinome Morphina durante alguns anos ruins e o cara que eu amo me chama de Geórgia, embora isso me deixe furiosa, mas MaryBeth é quem eu sou, meu verdadeiro nome."

Jude:
"-Você não sabe como eu gostaria que não estivesse nisto comigo. Por que não foi embora? Por que não se afastou de mim quando ainda tinha chance? Por que teve de ser um pé no saco de tão teimosa?

- Fiquei nove meses com você - disse ela na ponta dos pés, pondo os braços em volta do pescoço dele, a boca procurando a de Jude. - Acho que acabei ficando viciada."


Pessoal, a história é fantástica! Cada linha vale muuuuiiitooo a pena!


Reações:

5 comentários:

Pamella Santos disse...

WOOOOOW! Gostei da sinopse! *-* Faz teeempo que não leio um thriller! :/ E se o cara for mesmo filho do King, a coisa é boa! Aposto que ele teve muito material conversando com seu pai! UHAUHAUHAUHAUHAHUUHAUHA

Beijô!

Uei Marques disse...

haushaushuahsuahs com certeza!!!

Marrisa disse...

*o* Adorei a sinopse, eu realmente amo esse tipo de livro, eu vou ler ele com certeza.
bjos
Ps: Eu gostaria de fazer parceria com o seu blog? Posso? *-*

http://afterdarkmo.blogspot.com/

Dellone disse...

Filho de S. King, só este fato já serve
para agracia-lo, julga-lo, até mesmo condena-lo
...
Mas, comparações a parte, parece ser excelente !

Tenha uma Boa noite e Ótima Semana...
...Até breve !

Uei Marques disse...

eu fiquei meio assim quando comprei o livro, mas é, sem dúvidas, um livro ótimo!

Postar um comentário

Quem você é debaixo dessas cicatrizes?

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management